Disney Magic Run 2015

107_1318-disney-rio-1

No dia 30 de agosto de 2015 será realizada a quarta edição do evento Disney Magic Run, na região do parque do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo.

A Disney Magic Run 2014 aconteceu no Rio de Janeiro e contou com a participação de 12 mil pessoas, entre elas crianças, que caminharam por 3,1 km com os adultos responsáveis. A prova teve início às 7h30, mas, pouco antes da largada, Mickey, Minnie, Pluto, Pateta e Donald conduziram um breve aquecimento e abriram oficialmente o evento com o diretor da The Walt Disney Company Brasil, Miguel Vives. Ao longo do percurso, os participantes puderam acenar e interagir com Mickey, Minnie, Donald, Pateta, Pluto e Phineas & Ferb. O espaço dedicado à Princesinha Sofia, com um réplica da personagem, localizado na tenda do Disney Channel, recebeu pequenos fãs.

A grande surpresa foi o pocket show do Disney in Concert, espetáculo musical orquestrado com clássicos da Disney. No “Inspire-se – Disney Cidadania”, os participantes foram convidados a fazer check-in no Facebook (Disney Magic Run 2014 – Inspire-se); cada check-in foi convertido automaticamente em doação de R$ 1 da Disney ao Unicef Brasil. A arrecadação total ao fim do evento foi de R$ 30 mil.

Esperam-se ações semelhantes no evento deste ano.

SERVIÇO
Evento: Disney Magic Run 2015
Modalidade: corrida de rua
Data: 30/08/2015 (domingo)
Local: Região do parque do Ibirapuera
Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral; Parque Ibirapuera
Localidade: São Paulo – Zona Sul
Mais informações: http://www.corpore.org.br/eve_calendariocorpore_2015.asp

Dicas de parquinhos em Brasília

parquinhosRB_1

Imagem do Instagram @roteirobaby

Em janeiro deste ano, publicamos a foto acima no nosso Instagram com dicas de 4 parquinhos legais na parte norte de Brasília. A partir daí, pedimos mais algumas dicas de leitores, e compilamos os parquinhos sugeridos abaixo.

Foto acima, no sentido horário:
– 112 norte (mais para o centro da quadra): o parquinho tem um tamanho razoável, um pequeno espaço com areia, bem cercado. Foi feito e é mantido pelos moradores.
– 315 norte: o parquinho é super bem cuidado, e sempre tem muitas crianças.
– Olhos D’Água, 412/13 norte: para a alegria da Mari e da Júlia, o parquinho preferido das duas foi renovado recentemente, está reaberto, tem muita sombra e o Parque Olhos D’Água, no geral, é muito gostoso (dica para quem quiser ir: estacione na quadra residencial 415 norte, bloco P).
– Parquinho da loja Mercado Cobogó, na 704/5 norte: simples, sem areia e só um playground de madeira. Mas o gostoso mesmo é para os pais: porque a loja é super descoladinha e o café deles tem um monte de coisinha gostosa. Delícia fazer um lanche e ficar olhando as crianças brincarem.

parquinhosRB_2_105sul_Marcelo FerreiraCB

105 sul, foto de Marcelo Ferreira, do Correio Braziliense

O parquinho acima foi uma foto publicada no Instagram do Correio Braziliense e repostadas por nós, porque o achamos super arrumadinho, mas nunca fomos. Quem já foi? É tão bom quanto parece? Fica na 105 sul.

Já o parquinho abaixo (quadra 504 do Sudoeste) foi dica de uma leitora (obrigada, Joanna!) que nos enviou as fotos pelo Inbox do Facebook. O da foto de cima fica no meio da quadra, e o da foto de baixo em um dos prédios. Ela comentou que não precisa ser morador da quadra para usar ambos.

parquinhosRB_3

O parquinho abaixo fica na 314 sul. Dica recente do perfil @idicas, do Instagram.

parquinhosRB_4

O parquinho da Ponte JK (abaixo) é bom de ir no fim do dia. Ele não tem muita sombra, então em dias de sol quente não vai ser legal. O parquinho fica próximo a bons restaurantes. No entanto, há 3 pontos “negativos” (entre aspas porque não devem impedir os pais de frequentarem): 1) fica próximo ao Lago Paranoá (que é bonito, mas perigoso), 2) próximo de uma via onde trafegam veículos (tenhamos mais cuidado!) e não é cercado, o que implica dizer que a areia é suja.

parquinhosRB_5

Bruna #aos2 no parquinho da Ponte JK. Imagem do Instagram @roteirobaby

Depois de passar anos abandonado, o parquinho da 212 sul (abaixo) foi adotado por um morador (que pediu para não ser identificado) e ganhou uma reforma completa. O benfeitor acabou ganhando uma homenagem: uma placa que guarda mãozinhas infantis impressas em um cimento ainda fresco.

parquinhosRB_7

Bruna #aos2 no parquinho da 212 sul. Imagem do Instagram @roteirobaby

E vocês? Tem outras sugestões de parquinhos legais em Brasília?

Programação infantil de Brasília: 18 e 19/04/2015

programacao_novo3

SEXTA-FEIRA, 17 DE ABRIL

Espetáculo “Brasília, Brasília! Para crianças”
Funarte – Eixo Monumental
Sexta-feira, às 10h e às 15h30
Parte da programação de comemoração dos 55 anos de Brasília, este espetáculo é dirigido principalmente aos públicos infantil e infantojuvenil. Narra, por meio de várias linguagens — vídeos documentais e em animação, bonecos gigantes, canções eruditas e executadas ao vivo com clarineta, pandeiro, violão, atabaque e outros instrumentos musicais —, um importante capítulo da história do País: da construção à inauguração de Brasília.
Classificação indicativa: de 7 a 12 anos.
Entrada franca.

SÁBADO, 18 DE ABRIL

Mostra do Filme Livre – ÚLTIMO FIM DE SEMANA
Cinema do CCBB-Brasília – SCES Trecho 02 lote 22
Sábado, 14h
A Mostra do Filme Livre é um projeto reconhecido nacionalmente que apoia a produção cinematográfica independente brasileira, procurando destacar filmes que fogem dos padrões narrativos convencionais.
Programação de filmes infantis:
-SAMBA É MADEIRA (Classificação Indicativa Livre; Duração: 1min). A produção da música no ato cotidiano.
-O REINO DO CHOCOLATE (Classificação Indicativa Livre; Duração: 4min): A história de um planeta onde pessoas de cores diferentes não podem se misturar. Animação stop-motion feita com chocolate.
-CICLO (Classificação Indicativa Livre; Duração: 3min). Dois personagens lutam para alcançar um objeto aparentemente inacessível.
-ORDEM E PROGRESSO (Classificação Indicativa Livre; Duração: 1min). A tentativa do homem ordenar o mundo, um lugar desordenado.
-INEXORÁVEL (Classificação Indicativa Livre; Duração: 3min). Concreto, concreto, concreto. Sementes racham o concreto.
-GAROTO BARBA (Classificação Indicativa Livre; Duração: 14min). Fábula sobre uma criança que, devido a uma rara doença, tem barba. Felipe gosta de ser como é, mas se sente deslocado porque as outras pessoas costumam olhar para ele de forma diferente. Quando seus pais resolvem submetê-lo a uma moderna cirurgia de remoção de pêlos, será preciso que o garoto tome uma decisão drástica, que mostrará a seus pais e a cidade inteira que às vezes vale a pena lutar pelo o que se realmente é.
-O SACI NO MORRINHO (Classificação Indicativa Livre; Duração: 4min). Claudinho é um menino do Morrinho que está triste porque todo dia Oduvaldo rouba seus doces, mas tudo muda quando ele encontra o Saci-Pererê.
-A PISCINA DO PERI (Classificação Indicativa Livre; Duração: 4min). O que acontece quando Peri resolve construir uma piscina no Morrinho e seu vizinho Dicró está por perto?
-ERROS (Classificação Indicativa Livre; Duração: 9min ). Um menino passa ver os erros dos outros, menos os dele, de uma maneira literal.
Ingressos: Inteira R$4 | Meia R$2

Feirinha da Vila – 2ª edição
Praça da Igreja Histórica da Vila Planalto
Sábado, a partir de 15h
Feira de rua mensal com entrada livre, com ótima comida, cultura e clima bom. Mensalmente a praça recebe novos projetos, bandas, solos, djs, poetas, repentistas, MCs, escritores e o que mais couber na praça. Paa crianças: tem um parquinho novinho, oficina de malabares, árvore para subir e muito mais! Para se inscrever na oficina de malabares mande e-mail com nome completo da criança, dos pais e telefone para contato para coletivovilada@gmail.com.
Evento recomendado para toda a família.
Classificação indicativa livre
Entrada franca
Mais informações: AQUI

Teatrinho infantil “O Grande Mistério Do Seu Coelho”, com Cia Teatral Neia e Nando
Alameda Shopping, Praça de Eventos – CSB 02, Lotes 1 a 4, Taguatinga Sul
Sábado, 16h
Vivinho era um coelhinho branco, redondo e fofinho. Todos os dias, Vivinho ia à escola com seus irmãos para aprender a pular e a correr. Com o passar do tempo, os coelhinhos cresceram e tiveram que escolher uma profissão. E agora, qual será a profissão que Vivinho escolherá?
Classificação indicativa livre
Entrada franca

Canto do Conto, com Cia Burlesca
FNAC, 1º piso do ParkShopping – SAI/SO 6580
Sábado, 16h
Classificação indicativa livre
Entrada franca

Teatrinho infantil “A Roupa Nova do Rei”, com Cia Burlesca
Teatro de Arena da Escola Parque 303/304 Norte
Sábados, de 11 a 25/04, às 16h
Uma crítica à vaidade extrema e à perda da individualidade diante de uma sociedade marcada pelo consumo exacerbado. O texto, escrito em versos rimados, é uma adaptação do clássico conto escrito por Hans Christian Andersen, que narra a história de um rei obcecado pela vaidade esquece-se de governar para seu povo faminto, que ao lado de seu fiel arauto, busca incessantemente um manto real jamais visto em todo o reinado. No caminho encontra dois bandidos que, para sair da cadeia, bolam um plano miraculoso: uma roupa feita com um tecido muito especial, que só os inteligentes podem ver.
Classificação indicativa livre
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Contação de História “Yvira Potty”, com Neia e Nando Cia Teatral
Pátio Brasil Shopping, Praça Central – SCS Qd 7 – Asa Sul
Sábado, 16h
Em mais uma aventura em defesa da natureza, a indiazinha Yvyra Poty descobre a importância da preservação dos recursos hídricos para o planeta e ensina às crianças que simples atitudes são suficientes para contribuir com a proteção de rios, lagos e mares.
Classificação Indicativa Livre
Entrada franca

Contação de histórias com Nyedja Gennari
Terraço Shopping, Praça das Palmeiras – SHC AOS entrequadras 2/8 lote 5 Octogonal Sul
Sábado, 16h
Histórias de aniversário de Brasília, Dia do Livro e Dia do Índio, com troca de livros.
Classificação indicativa livre
Entrada franca

Teatrinho infantil “O Romance do Vaqueiro Benedito”
Feira da Torre de TV – Eixo Monumental
Sábado, 17h
Parte da programação de comemoração dos 55 anos de Brasília, a história do amor proibido de Benedito e Margarida é o tema do teatro de mamulengos O Romance do Vaqueiro Benedito. O espetáculo é uma criação premiada do palhaço e ativista Chico Simões, pesquisador das culturas tradicionais.
Classificação indicativa livre
Entrada franca

11ª Festa de Abrição do Grupo Seu Estrelo e o Fuá do Terreiro
Centro Tradicional de Invenção Cultural – Avenida das Nações 813 Sul, na Vila Cultural (próximo a Embaixada da China)
Sábado, a partir de 19h
Todo ano o grupo Seu Estrelo e o Fuá do Terreiro abre seus trabalhos com um festejo. Tradicionalmente em abril, a festa já faz parte do calendário cultural não oficial da cidade.
PROGRAMAÇÃO (mencionada aqui apenas a programação indicada para crianças, com base nas apresentações e principalmente horários):
19h – Mamulengo Presepada – grupo de teatro de mamulengos
20h – Passarinhos do Cerrado – grupo de coco do cerrado
* E nos intervalos: Cia. Circênicos com o espetáculo Circênicos Variete
Classificação indicativa livre
Entrada franca

DOMINGO, 19 DE ABRIL

Pedal-kart – karts a pedal para aluguel
Eixão do Lazer, altura da 114 norte
Todos os domingos, de 9h às 18h (horário para o último aluguel: 17h20)
Classificação indicativa livre
R$10 cada 15 minutos, R$15 cada 30 minutos

Pico Longbrothers
Eixão do Lazer, altura da 115 norte
Todos os domingos, de 9h às 15h
Empréstimo de skate e escolinha de skate (adultos e crianças a partir de 5 anos).
Classificação indicativa livre
Aulas de skate: R$25/h

Teatrinho infantil “O Soldadinho de Chumbo”, com Cia Burlesca
Teatro de Arena da Escola Parque 303/304 Norte
Domingos, de 11 a 25/04, às 11h
Inspirada no conto de Hans Christian Andersen, a contação se passa no universo dos brinquedos, onde o soldadinho com apenas uma perna vive grandes aventuras, sendo que a maior delas é apaixonar-se por uma bailarina de papel. Dificuldades os rondam, entre elas os personagens de um monstro rato e de um diabinho invejoso. Apesar de tudo isso, eles conseguem manter viva a chama do amor puro. Com foco na narrativa, a contação inclui dança, drama e música, esta executada ao vivo e criada especialmente para essa história.
Classificação indicativa livre
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Mostra do Filme Livre – ÚLTIMO FIM DE SEMANA!
Cinema do CCBB-Brasília – SCES Trecho 02 lote 22
Domingo, 14h
A Mostra do Filme Livre é um projeto reconhecido nacionalmente que apoia a produção cinematográfica independente brasileira, procurando destacar filmes que fogem dos padrões narrativos convencionais.
Programação de filmes infantis:
– FORA DA CAIXA (Classificação Indicativa Livre; Duração: 5min): Uma menina vive suas fantasias num universo criado em sua mente. O seu “aqui e agora”!, a realidade e o seu momento presente, sua fantasia.
– TODA FORMA SE TRANSFORMA (Classificação Indicativa Livre; Duração: 1min): Desde os tempos em que a roda era quadrada, tudo vem se transformando: a garrafa em camiseta, a pilha velha em bateria e o sorvete… em alegria!
– A PISCINA DO PERI (Classificação Indicativa Livre; Duração: 4min): O que acontece quando Peri resolve construir uma piscina no Morrinho e seu vizinho Dicró está por perto ?
– AMARELINHA (Classificação Indicativa Livre; Duração: 12min): Meninos brincam com meninos. Meninas brincam com meninas. Uma história sobre bulying.
– ACADÊMICOS DO MORRINHO, PARTE I (Classificação Indicativa Livre; Duração: 4min): Minutos antes de entrar na avenida o interprete do samba da Acadêmicos do Morrinho, o MC Maiquinho, entra em crise e pede conselhos ao mestre Renato, colocando em risco o desfile.
– ACADÊMICOS DO MORRINHO, PARTE II (Classificação Indicativa Livre; Duração: 4min): Acadêmicos do Morrinho entra na avenida e encanta o publico. Será que a escola vai ganhar o estandarte?
– A VARINHA MÁGICA (Classificação Indicativa Livre; Duração: 5min): Uma jovem garotinha, fã devotada e única de um velho e decadente ilusionista, descobre que o mundo pode ser realmente mágico.
– O SACI NO MORRINHO (Classificação Indicativa Livre; Duração: 4min): Claudinho é um menino do Morrinho que está triste porque todo dia Oduvaldo rouba seus doces, mas tudo muda quando ele encontra o Saci-Pererê.
Ingressos: Inteira R$4 | Meia R$2

Show de Mágica com o mágico Jeff Duprado
Boulevard Shopping, Espaço Cultural – Final da Via W3 Norte, no STN, Cj. J, Asa Norte
Domingo, 15h
Mágicas visuais e divertidas apresentadas com uma linguagem teatral e de fácil compreensão. Números inteligentes e lúdicos se misturam a lenços, cartas, bolas e outros objetos, e despertam o mundo da fantasia nas crianças. Duração: 1h
Classificação indicativa livre
Entrada franca

Teatrinho infantil O Menino Maluquinho”, com Cia. Sopa de Teatro
Shopping Iguatemi Brasília – Livraria Cultura, Teatro Eva Herz – SHIN CA 4 Lote A – Piso Superior
Domingo, 15h
Quem nunca ouviu falar sobre a famosa história do Menino Maluquinho, do escritor Ziraldo? Aquele garoto que “tinha o olho maior que a barriga e tinha vento nos pés”? Para a criançada que ainda não conhece, o pequeno Fernandinho, juntamente com sua amiga Iara e sua mãe Valéria, vão contar essa história pirada.
Classificação indicativa livre
Entrada franca (sujeita à lotação do teatro – 200 lugares), porém com retirada de ingressos no dia da apresentação a partir de 12h no Concierge do shopping.

Espetáculo “Piratalhaço”, com a Cia DuKontra
Alameda Shopping, Praça de Eventos – CSB 02, Lotes 1 a 4, Taguatinga Sul
Domingo, 16h
A peça mistura contos piratas com as habilidades circenses do Palhaço Bené. Através da comicidade aliada as técnicas de malabarismo, acrobacias e equilibrismo, constroem cenas com muita energia e forte impacto visual que foram concebidas a partir da releitura dos objetos tradicionais circenses. O espetáculo conta com jogo de bolas de canhão, facões, equilibrismo no barril da morte e outros apetrechos, usando e abusando da interação com o público.
Classificação indicativa livre
Entrada franca

Teatrinho infantil “Pocahontas”, com Neia e Nando Cia Teatral
Pátio Brasil Shopping, Praça Central – SCS Qd 7 – Asa Sul
Domingo, 16h
Em homenagem ao dia do índio, a Cia Néia e Nando apresenta o musical Pocahontas, um espetáculo especial, com cenário e estrutura maior na Praça Central do Pátio Brasil. O pretendente da jovem é Koccoun, mas ela está confusa e resolve pedir conselho à sua avó Willow, um velho espírito que habitava uma árvore da floresta. Ela orienta a neta a seguir seu coração e, caminhando pela floresta, Pocahontas conhece John Smith, com quem vai compartilhar momentos felizes e conturbados.
Classificação indicativa livre
Entrada franca

Teatrinho infantil “O Sapo Apaixonado”
Terraço Shopping, Praça das Palmeiras – SHC AOS entrequadras 2/8 lote 5 Octogonal Sul
Domingo, 17h
Acontece que na floresta vive um sapo muito animado, de tanto rir e chorar descobriu que estava apaixonado. O seu amor era uma patinha linda, mas ele um sapo, como a conquistaria? Ele era um sapo muito determinado e mostrou com muito carinho que quando existe o amor às diferenças não tem vez. A peça é adaptada do livro homônimo de Max Velthuijs.
Classificação indicativa livre
Entrada franca

SÁBADO E DOMINGO

Mostra ‘Ciclos: Criar com o que temos’ – ÚLTIMO FIM DE SEMANA
CCBB Brasília – SCES Trecho 02 lote 22
Visitação: de quarta a segunda, de 9 às 21 horas. Lembrete: o CCBB-Brasília não abre às terças-feiras! | Até 20/04/2015 
Objetos do cotidiano transformados em arte: assim são os ready-made, criados há 100 anos pelo francês Marcel Duchamp. Para comemorar o centenário, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) preparou a mostra ‘Ciclo: Criar com o que Temos’, com obras de 15 artistas contemporâneos de várias nacionalidades. Uma característica comum das obras é o excesso: todas foram criadas a partir de grandes quantidades de algum material, de armas de fogo a palitos de dente. E o resultado é uma mostra surpreendente, que diverte e faz refletir sobre os excessos que permeiam nossa sociedade. Relação das obras e do que elas foram feitas:
-Microdados (Daniel Canogar): instalação criada com placas de circuito descartadas;
-Espelho de Lixo nº 3 (Daniel Rozin): espelho eletrônico feito com 500 objetos descartados, como latas e cartões telefônicos;
-O Sol me ensinou que a história não é tão importante (Daniel Senise): tijolos de papel machê feitos a partir de convites e catálogos de arte;
-Cabeça de Chiclete (Douglas Coupland): escultura gigante da cabeça do artista, onde o público pode colar chicletes mascados;
-A Noiva (Joana Vasconcelos): lustre de 5 metros de altura composto por 25.000 absorventes internos;
-Modelo para sobrevivência (Julia Castagno): estrutura tridimensional construída com mais de 100.000 palitos de dentes;
-2.216 Fitas VHS (Lorenzo Durantini): instalação feita com 2.216 fitas de vídeo VHS;
-Tornado (Michael Sailstorfer): grandes nuvens criadas com câmaras de ar de pneu de caminhão;
-O Terceiro Paraíso (Michelangelo Pistoletto): escultura de sucata metálica;
-Desarme (Pedro Reyes): 8 instrumentos automatizados criados a partir de armas recolhidas do narcotráfico mexicano;
-Fantasma de Eguchi (Petah Coyne): escultura fantasmagórica feita com um trailer de viagem que foi todo desfiado em máquina industrial;
-O Empurrão de Sansão (Ryan Gander): escultura composta por 35 mesas;
-Sem título (Tara Donovan): escultura-paisagem criada com 700.000 copos plásticos;
-Vamos dar um tempo (Tayeba Begum Lipi): escultura feita com lâminas de barbear.
Classificação indicativa livre
Entrada franca

Programa educativo do CCBB Brasília
CCBB Brasília – SCES, Trecho 02, lote 22
Sempre com entrada franca. O CCBB oferece gratuitamente visitas mediadas às exposições em cartaz. O atendimento é oferecido às escolas e grupos mediante agendamento prévio. Veja diariamente disponibilidade para público espontâneo. Telefone para agendamentos: 3108-7623 | 3108-7624. Informações sobre disponibilidade para público espontâneo: 3108-7600
Programação:
>> Laboratório Aberto – Laboratório é experiência. A preocupação não é com o resultado final, mas sim com o processo de pôr a mão na massa. A experimentação proposta é na área de artes visuais, elaborando uma nova atividade a cada exposição em cartaz. Na mostra “Ciclo”, os visitantes vão testar com quais materiais pode-se fazer uma escultura e quando uma obra de arte está acabada. Nesta atividade, o CCBB Educativo convida a construir coletivamente uma escultura, elaborada a partir de palitinhos de churrasco. Qual será o resultado?
Sábado e domingo – De 9h às 19h
Classificação indicativa: a partir de 10 anos. Crianças entre 6 e 9 anos mediante supervisão.
>> Em Cantos e Contos – Como mediar o conteúdo de uma exposição com histórias? Ao incluir histórias na programação, é sugerido ao visitante um novo olhar sobre as obras expostas. Para que a história se desenrole usa-se o faz de conta. Quando o visitante se transporta para o papel de ouvinte, ele está compactuando com a ficção. Existe melhor forma de viver experiências? Contos Selecionados: Sr. Palha / A Bela e a Fera / O Príncipe Lagartão / A princesa cobra / O que há de melhor na vida / Desejos ridículos / O rio / O rinoceronte / A tromba do elefante / A alma e o coração da baleia / Príncipe Lagartão / Couro de Piolho
Sábado e domingo – 11h e 15h
Classificação indicativa: acima de 5 anos
>> Livro Vivo – As primeiras viagens que fazemos pelas páginas de um livro são acompanhadas de um leitor experiente. Essa atividade propõe uma leitura coletiva, desdobrando imagens e interpretações de livros que dialogam com a exposição em cartaz.
Sábados e domingos – 13h
Classificação indicativa: Livre
>> Pequenas Mãos – Direcionada para crianças de 3 a 6 anos. O CCBB Educativo elabora atividades especiais para esse público, que está dando os primeiros passos na criação de obras. No Pequenas Mãos, simples materiais tornam-se matéria prima para a criatividade. Colheres viram asas, forminhas de brigadeiro se transformam em rodas de bicicleta e muito mais.
Sábados e domingos – 14h
Classificação indicativa: somente para crianças de 3 a 6 anos
>> Musicando – Saber tocar um instrumento ou cantar como um profissional não são requisitos necessários para participar deste laboratório de experimentações sonoras. A intenção da atividade é ampliar a percepção auditiva dos participantes e encorajá-los a ouvir e pensar sons e músicas de maneira mais ampla. Para a mostra “Ciclo”, a proposta será: “Em cada canto da casa, um som familiar… Será que podemos fazer música com as panelas, livros e pratos da nossa casa?” Venha descobrir que sua casa pode fazer música! Participe dessa grande experimentação sonora.
Sábados e domingos – 16h
Classificação indicativa: a partir de 7 anos
Semeando Sons é um laboratório de experimentação, onde são utilizados objetos inusitados e matéria-prima do Cerrado para produção de sons ancestrais.
Classificação indicativa: a partir de 7 anos
>> Visita mediada
Quarta a segunda
Consultar horários disponíveis no balcão de informações do Programa Educativo.
Classificação indicativa: acima de 5 anos

Exposição “Esporte Movimento” 
Espaço Caixa Cultural (SBS Quadra 4 Lotes 3/4)
De terça-feira a domingo, das 9h às 21h | Até 07/06/2015 
O acervo conta com diversas peças históricas do esporte mundial, trazendo selos, moedas, troféus, tochas, medalhas e outros objetos relacionados a diversas modalidades, como um capacete do piloto Ayrton Senna.
Classificação indicativa livre
Entrada franca

Feira Book Lovers Kids
Boulevard Shopping, na frente da Renner – Final da Via W3 Norte, ao lado do Carrefour
Segunda a sábado, de 10h às 22h | Domingos e feriados, de 12 às 20h | Até 30/04/2015
Feira de livros infantis.
Classificação indicativa livre
Entrada franca

Exposição “O Grande Espiral”
Espaço Cultural Marcantonio Vilaça – Setor de Administração Federal Sul, quadra 4, lote 1, Tribunal de Contas da União
De segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 14h às 18h | Até 16/05
Caixas, potes, tijolos, cordas, tecidos, argila, canos, entulho de construção civil, cadeiras de balanço e outros materiais estão entre os itens utilizados pela artista carioca Maria Nepomuceno nesta instalação. Aproveitando-se disso, o programa educativo do espaço propõe à garotada uma experiência diferente. Por meio de contação de histórias e atividades lúdicas, que exploram as minúcias da obra, os mediadores transformam uma simples visita em uma grande descoberta sensorial. As crianças são convidadas a tocar em pequenas peças azuis, dispostas em um cesto artesanal, e podem ainda se balançar em três cadeiras situadas em pontos diferentes do ambiente. Para participar do programa, basta procurar por um educador na galeria. As escolas interessadas precisam agendar horário.
Classificação indicativa livre
Entrada franca

Oficinas infantis de abril
Pátio Brasil Shopping, Piso 3 – SCS Qd 7 – Asa Sul
Sábados e domingos, de acordo com a programação abaixo | Até 26/04
14h: coelhinhos de marshmallow
15h: parabéns Brasília – desenhos para colorir
16h: cupcake de Páscoa
17h: pintura em azulejo
18h: copinho de coelho
Classificação indicativa: crianças de 3 a 12 anos
Entrada franca

Teatro infantil – “O Menino Mais Rico do Mundo”
Teatro do Brasília Shopping
Sábados e domingos, 16h | Até 26/04
Imagine um menino rico! Não de dinheiro, mais de imaginação e sonhos. Um menino que aprendeu a conhecer as cores, brincar com os sons, respeitar o mundo, e por isso, hoje, é companheiro da felicidade. Este menino, um pequeno catador de papel, acaba de chegar ao teatro, onde com muita musica, poesia e humor, convida a plateia a conhecer o seu mundo fantástico. Nele a leitura, a preservação da natureza e a cultura popular ganham um olhar encantado e preparam um mundo mais gostoso de se viver.
Classificação indicativa: Livre
Ingressos: R$50 (inteira), R$25 (meia) (Clientes Mais Brasília Kids tem direito a gratuidade)

Teatrinho infantil “A Rainha do Gelo”, com Neia e Nando Cia Teatral
Teatro Escola Parque da 308 Sul
Sábados e domingos, 17h | Até 26/04
Baseado no conto que inspirou o filme Frozen.
Classificação Indicativa livre
Ingressos: R$50 (inteira), R$25 (meia – para estudantes, idosos e professores devidamente documentados) / Clubinho Neia e Nando: R$15 (informações em http://www.kkywnnx.com.br/cliente/).
Locais de vendas de ingressos antecipados:
*Terças a sextas: no escritório Neia e Nando – CRS 508 BL.B sala 301 (Entrada pela W2, ao lado da loja Relicário). Horários: das 9h às 12h e das 14h às 18h.
*Sábados e domingos: Bilheteria do teatro da Escola Parque 308sul, a partir das 15h.
Forma de pagamento: somente em dinheiro.

MISSAS INFANTIS

Algumas paróquias de Brasília oferecem missas em formato especial para que as crianças entendam e participem. Vejam quais são AQUI.

RESTAURANTES E ESTABELECIMENTOS KIDS-FRIENDLY DE BRASÍLIA
Alguns restaurantes e estabelecimentos de Brasília oferecem produtos e serviços direcionados para famílias. Veja quais são AQUI.

FILMES INFANTIS EM CARTAZ

O MARAVILHOSO MUNDO DISNEY
A rede Cinemark vai reprisar clássicos Disney nos cinemas a preços diferenciados (R$12 a inteira e R$6 a meia)! As sessões vão ocorrer aos sábados e domingos, em todos os complexos da rede no Brasil (consulte horários no cinema de sua preferência). Cada desenho vai ficar em cartaz em dois fins de semana.
Programação:
Enrolados: 18, 19, 25 e 26 de abril

- Cada Um Na Sua Casa e Cada Um na Sua Casa-3D: O planeta Terra foi invadido por seres extra-terrestres, os Boov, que estão em busca de um novo planeta para chamar de lar. Eles convivem com os humanos pacificamente, que não sabem de sua existência. Entretanto, um dia a jovem adolescente Tip (Rihanna) encontra o alien Oh (Jim Parsons), que foi banido pelos Boov devido às várias trapalhadas causadas por ele. Os dois logo embarcam em uma aventura onde aprendem bastante sobre as relações intergalácticas. Classificação indicativa livre.

- Cinderela: Após a trágica e inesperada morte do seu pai, Ella fica à mercê da sua terrível madrasta, Lady Tremaine, e suas filhas Anastasia e Drisella. A jovem ganha o apelido de Cinderela e é obrigada a trabalhar como empregada na sua própria casa, mas continua otimista com a vida. Passeando na floresta, ela se encanta por um corajoso estranho, sem desconfiar que ele é o príncipe do castelo. Cinderela recebe um convite para o grande baile e acredita que pode voltar a encontrar sua alma gêmea, mas seus planos vão por água abaixo quando a madrasta má rasga seu vestido. Agora, será preciso uma fada madrinha para mudar o seu destino. Classificação indicativa livre.

- Os Pinguins de Madagascar e Os Pinguins de Madagascar-3D: Os pinguins Capitão, Kowalski, Rico e Recruta, da franquia de animação Madagascar, ganham a sua própria aventura, compondo uma tropa de elite entre os animais. Classificação indicativa livre.

Dica de viagem: Chapada dos Veadeiros

Nos próximos dias teremos dois feriados pela frente – 21 de abril e 1º de maio – e recentemente eu recebi um email da Paula Saldanha (dona da empresa Potes do Bem, aqui de Brasília, que faz delivery de comidas saudáveis, e blogueira) contando sobre como tinha sido divertido um período de seis dias que ela passou na Chapada dos Veadeiros com a família (marido e um filho de 2 anos). Como é um destino perto de Brasília, seguem as dicas da Paula para quem quiser fazer uma viagem rápida e perto nos próximos feriados.

paulachapadadosveadeiros(1)

Oi pessoal, eu sou Paula Saldanha. Tenho um instablog de maternidade e afins. Sou proprietária de uma empresa de delivery de comidas saudáveis e mãe de um menino lindo, Vinícius, de dois anos. Pedi o espaço do Roteiro Baby emprestado, pois eu e minha família fizemos uma viagem maravilhosa para a Chapada dos Veadeiros e vim aqui dar umas dicas para vocês.

A ideia de ir: Sempre tivemos muita vontade de conhecer a Chapada dos Veadeiros, porém ficávamos sempre muito relutantes com a ideia, pois não saberíamos como seria ir a um destino tão aventureiro com uma criança tão pequena. Porém, tivemos a oportunidade de ir a Chapada por seis dias no Réveillon e decidimos enfrentar a aventura. Tínhamos na cabeça que queríamos um lugar tranquilo e que nos acomodasse bem. Como estávamos com Vinicius, queríamos fugir um pouco da badalação de Ano Novo e encontramos um lugar maravilhoso!!! Ficamos hospedados na pousada que fica na frente da cachoeira do Poço Encantado. O lugar é incrível ! A vista dos chalés dá para a cachoeira e dormimos ao som dela. O único defeito é que é muito longe da Vila de São Jorge.

Compras: O melhor é levar vários lanches, para adultos e crianças. Na cidade de Alto Paraíso tem um supermercado, mas faltavam algumas coisas. Eu preferi levar muita coisa de Brasília mesmo. Fiz sanduíches, levei sucos de caixinhas, achocolatado em caixinha, frutas… Lembrando que vocês vão enfrentar trilhas e carregar suas próprias coisas. A maioria das cachoeiras não tem estrutura para alimentação!

O que levar:
1. Protetor Solar, se tiver aquelas blusas de proteção UV melhor ainda.
2. Boné/chapéu.
3. Tênis.
4. Mochila para carregar na trilha.
5. Algumas pessoas levaram guarda-sol. Eu achei a ideia ótima, pois tem lugares que não tem sombra. Lembrando que vai ter que carregar na trilha. Aconselhável em trilhas pequenas.
6. Roupa de banho, afinal ninguém vai querer ficar só olhando as cachoeiras, rsrs.
7. Roupas confortáveis para trilhas.

Trilhas e cachoeiras: Ressalva: A maioria das cachoeiras são privadas, então temos que pagar um valor (varia de R$15 a R$20) na entrada. Nós começamos com uma trilha pequena – a Siriema – que é de 800 metros e de fácil acesso. Foi muito tranquilo chegar nessa cachoeira e o banho lá é muito bom para criança, pois tem uma piscininha bem rasinha.

-Cachoeira Macaquinhos: muito comentada, mas não achei um bom lugar para crianças. Os acessos para os lugares de banho eram difíceis e não encontramos nenhum com prainha ou com um lugar raso. Meu filho teve que tomar todos os banhos no colo. 

-Cachoeira Corredeiras: são 3km de difícil acesso. Hoje eu pensaria duas vezes antes de topar. A trilha para ir foi bem divertida, Vinícius estava super animado. Mostrávamos os animais, as plantas, cantávamos e ele conseguiu fazer todo o percurso andando. Quando chegamos lá estávamos cansados, mas entusiasmados com a cachoeira. O banho é muito bom, tem lugares rasos para crianças e muitos peixes. Não tem lugar para lanche, então temos que levar tudo. Mas a volta foi sofrida… Vinícius estava cansado e voltou dormindo no colo do pai.

-Cachoeira dos Cristais. Foi incrível para gente e para Vinícius! Ela é privada (tivemos que pagar R$15,00), tem um camping e restaurante. São varias cachoeiras e os pontos de banho são de difíceis acesso, porém tinha muitos lugares que conseguíamos tomar banho tranquilos e Vinícius amou a primeira cachoeira, pois era rasa e dava para ele ficar brincando sozinho. Nessa trilha tem que ir bem preparado, se quiser ir até o final, pois ela é bem íngreme. Porém vale muito a pena conhecer, pois tem lugares lindos! Comemos por lá mesmo, embora o bar-restaurante não tivesse tanta opção, o lugar é bem legal para passar o dia. Tem um pula-pula gigante que a criançada adora.

-Almécegas II. Também privada, tivemos que pagar R$15. Tem estrutura de almoço, mas não comemos lá. A trilha é de fácil acesso e curta. A cachoeira tem uma parte rasa, maravilhosa para a criançada (tinha até bebês por lá) e uma parte que dá para os adultos se aventurarem e pularem. Acredito que seja a cachoeira que dá para conciliar as duas coisas, crianças e adultos. Pulamos várias vezes e foi emocionante. Passamos muito tempo por lá e aproveitamos muito!

-Vale da Lua. Lugar incrível que quero voltar mais preparada só para tirar fotos. Uma geologia única que dá para brincar com as crianças dizendo que a lua é daquele jeito. Vale muito a pena e preparem as máquinas de fotográficas! O lugar para banho estava simplesmente LOTADO! É um lugar bom para crianças, pois tem uma prainha, porém estava muito cheio. Não conseguimos ficar por muito tempo. Sem estrutura para lanches.

Espero que tenham gostado das dicas e consigam aproveitar esse destino em uma próxima viagem!